Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

2 de outubro de 2007

Super Bock Super Blog: a mistificação do ano (e um negócio das arábias também)

É mesmo coisa “tuga”. A Unicer lançou o primeiro grande fiasco do marketing online português: o Super Bock Super Blog. É um concurso em que toma os bloggers todos por parvos — o que à partida lhe assegura um tremendo sucesso entre os clones do Gatas QB, Como Ganhar Dinheiro Na Internet, O Blog Da Minha Gatinha, Escritos Na Janela e outras vacuidades das quais uma marca que se preza devia fugir em vez de acarinhar.

Aconselho vivamente a leitura dos regulamentos, que são leoninos. Em resumo dizem o seguinte: para me candidatar a digamos, uma hipótese em 20.000 ou menos de ganhar um cheque de 3.000 euros da Worten (tsc tsc… com tantos projectos bons para investir e logo foram dar cobertura a isto?), sou obrigado a fazer publicidade permanente à Super Bock no meu blogue durante 11 meses, sou obrigado a inscrever-me na base de dados da Super Bock, sou forçado a ceder a título gratuito os direitos de reprodução do meu trabalho para o que a Unicer muito bem entender (podem usar uma frase ou uma foto numa campanha e ganhar milhões que eu não tenho direito sequer a abrir a boca pois cliquei na cruzinha).

Como se não bastasse podem interromper sem recurso os trabalhos (e empochar a publicidade gratuita, que num primeiro olhar vale 100 vezes mais do que o cheque que levaram a Worten a pagar por eles), mudar as regras a meio, recusam dar o direito ao prémio e excluem a reclamação por via judicial (não estou certo da legalidade destas duas últimas, mas estão nos regulamentos).

Evidentemente, não há chavalo em tirocínio para proxeneta nem poetisa de bairro que não vá a correr inscrever o seu blogue do Sapo no Super Bock Super Blog. Espero que ao menos a rapaziada do Como Ganhar Dinheiro Na Internet e os Chows de imitação percebam a marosca, mas desconfio que o brilho das luzes os vai cegar e assim como assim já penduraram tanta porcaria nas colunas laterais que mais um dístico menos um dístico, bah, ninguém nota, a começar por eles. Daí para cima, só por engano ou prova pública de mau gosto um blogger alinhará na fantochada.

Eu encolho os ombros. A vida é isto mesmo, a blogosfera não lhe fica atrás. É a Cauda Longa a fazer-nos caretas. Reservo-me apenas o direito de denunciar mistificações (vão eleger o rei espuma e o campeão da inutilidade, não da blogosfera) e de chamar a atenção para o Grande Golpe que a Unicer se prepara para dar aos incautos aderentes. Num concurso, dá-se. O Super Blog Super Rock só recebe. Nem sequer partilha — o que faria sentido na web. Recebe.

Devo também dizer que o golpe ao menos terá uma grande virtude: só será dado uma vez. Depois dele nenhum marketeiro quererá repetir a brincadeira.

“Com esta iniciativa, Super Bock pretende contribuir para a difusão dos melhores blogs, estimulando os portugueses a participarem na consolidação da identidade portuguesa on-line”. Peço a vossa piedade para o estagiário que redigiu isto. Naturalmente é falso (embora o problema não seja esse). Nem pretende tal coisa, que desconhece em absoluto, o que pretende é promoção gratuita e o envolvimento emocional dos jovens com a marca, nem vai difundir os melhores blogues. Admito que estimule, efectivamente, a consolidação da identidade portuguesa online, ou pelo menos da parte mais lerda dessa identidade — embora não perceba o que acha a Unicer que ganha com esse “estímulo”.

(Nota: sou um grande aprecidador de Superbock, a minha cerveja há décadas. O meu segundo e-mail era paulo@superbock.org — um grupo de amigos registou o domínio como prova do gosto pela cerveja em causa. Não vou deixar de beber Superbock por causa desta mistificação. Mas lamento-a deveras e considero-a um insulto e uma mancha numa marca que tinha até aqui um dos melhores registos de qualidade na sua publicidade.)

Dos regulamentos

É condição obrigatória de participação a inclusão do dístico oficial dos Super Bock Super Blog Awards correspondente à categoria a que os Blogs são candidatados, para todos os Blogs aderentes

Todos os votantes têm necessariamente que estar inscritos na base de dados da Super Bock

Os responsáveis pelos Blogs concedem à promotora do concurso o direito de documentar, arquivar e apresentar os seus conteúdos à opinião pública interessada, caso não contestem a participação do respectivo Blog até ao final da fase de nomeação dos premiados.

A promotora do concurso tem o direito, a qualquer momento, de encerrar, suspender precocemente ou mudar as condições de participação ou as regras do concurso.

Não existe o direito a um dos prémios.É excluída a possibilidade de reclamação por via judicial.