Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

4 de novembro de 2020

Quarta-feira, 4 de novembro de 2020

O dia num tweet, um tweet para o dia.

Valores civilizacionais em queda. Rússia, fake news, manipulação pelos media, redes sociais promotoras do mal, gerrymandering… Argumentos insuficientes para explicar o simples: metade dos americanos quer Trump, quer os métodos de Trump, quer os valores de Trump. OUTRA VEZ. COM MAIS FORÇA.

O estado de direito, os direitos das pessoas, a igualdade entre cidadãos como um valor, o mercado, a democracia representativa, as instituições de fiscalização e cumprimento de regras, as regras — é todo um edifício de valores e de modo de vida construído ao longo de 200 anos que está a ruir.

Depois de 4 anos a agarrar as americanas by the pussy e a destruir metodicamente a verdade, o que fez o eleitorado americano? Corre às urnas não para castigar Trump mas para aumentar o apoio. Falta perceber melhor quem votou em quem, mas os resultados confirmam indícios das sondagens dos últimos meses para isto: o presidente da mentira tem menos eleitores brancos educados e suburbanos mas aumentou a base no eleitorado hispânico e negro.

Incrível? Habitua-te. A isto e às milícias de supremacistas brancos e de defensores negros e de e de e de, que milícias armadas até aos dentes é o que mais há nos EUA deste século.

Farto: das presidenciais americanas. Ligado: nas presidenciais portuguesas.

Opiniões

Pedro Tadeu sobre Donald Trump: Donald Trump já ganhou?. dn.pt

Pedro Ivo Carvalho sobre COVID-19: E quando a vacina chegar?. jn.pt

Jaime Pina sobre efeitos da pandemia: Covid-19, como chegámos aqui: da iliteracia em saúde à má estratégia comunicacional. Público

Zeynep Tufëkçi sobre a pandemia: Observar un bosque y tratar de encontrar los clústeres, no los árboles. ctxt

Vital Moreira sobre Constituição: Pandemia (39): Inconstitucionalite Aguda. causa-nossa.blogspot.com