Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

26 de agosto de 2008

Twitter: o ataque dos avatares

Se julgam que a silly season só afecta os mainstream media, ou meios convencionais, desiludam-se. Os social media, os moderníssimos meios sociais, também passam por um período menos, digamos, sério. O Twitter, para dar um exemplo, foi assaltado nos últimos dias por uma febre de mudança de fotografias pessoais, conhecidas por avatares.

Não por acaso, a invasão de Verão foi liderada pelos “cabecilhas” do Twitter, figuras como Xeni Jardin, com uma capacidade de gerar movimentos (modas) acima da média. Líderes dos social media, com exércitos de seguidores. Pessoas que valem o que pesam em ouro para as empresas, que começam a coçar a orelha tentando decifrar como podem influenciá-las, para que passem as mensagens pretendidas.

Curiosamente, é mais difícil do que parece: a reputação e a lisonja são valores em alta e o metal sonante já conheceu melhores dias. Ou talvez seja apenas cedo para este tipo de observações.

Quanto ao ataque dos avatares, calculo que mais de um terço dos cerca de 460 followers que tenho, ou leitores que seguem activamente o meu “rio” no Twitter, mudaram as suas fotografias ou imagens.

Eu, como é hábito, resisti. Até ao momento em que achei que o assunto era comigo. Isto é, era notícia. Vai daí, tratei de experimentar os serviços de facelifting, por assim dizer. O resultado está abaixo, copiado do meu Twitter. As imagens alternativas foram feitas com os serviços Face Your Manga e YearBookYourself. As coisas com que as pessoas se divertem na web social…

Paulo Querido PauloQuerido blergh! esta pic não fica nada bem aqui!

Paulo Querido PauloQuerido seguindo a moda: avatarizem-se em http://yearbookyourself.com

Paulo QueridoPauloQuerido ah, esta fica melhor :)

Paulo QueridoPauloQuerido é de http://faceyourmanga.com. Um clássico (com 5 dias)

Paulo Querido PauloQuerido E pronto. De volta à minha foto “normal”