Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

31 de outubro de 2007

A importância do texto-âncora nos links

Em Abril deste ano o Google retirou importância ao texto-âncora — o texto que é hiperligado quando construimos links — e com as mais recentes mexidas nos algoritmos do PageRank já ninguém sabe concretamente qual é o respectivo peso. Pode ter aumentado. Pode ter diminuído. Com a Google nunca se sabe com o que se pode contar.

No entanto, a edição online não tem só a ver com o Google. Em bom rigor, aliás, passar as técnicas de optimização para motores de busca para o primeiro plano das preocupações do autor não é nada boa ideia. Devemos concentrar o esforço em publicar para as pessoas em primeiro lugar, usando as técnicas ao dispôr da mesma forma que usamos o teclado e o rato: com naturalidade.

Mais informação sobre o que é, e como pode ser usado o texto-âncora está no Allinanchor, onde Michael publicou um post sintético e esclarecedor.

Eu fico a sorrir quando hoje falamos de certas técnicas fundamentais da edição em hipertexto como sendo técnicas de optimização. O texto-âncora, por exemplo, é usado desde que Tim Berners-Lee inventou a World Wide Web e o seu correcto uso é tão (ou mais) importante como escrever sem erros. Já era uma boa prática antes de existirem motores de pesquisa.

É útil que os blogues que seguem com atenção o sector do internet marketing, como o Allinanchor, vão “educando” as pessoas, sobretudo as que começaram há pouco tempo ou estão agora a iniciar-se nos blogues, no campo das melhores práticas de escrita web. Em Portugal, então, são gritantes as carências de uma escrita web correcta do ponto de vista formal — até em pequenas coisas básicas como o texto-âncora.

Críticas, internet marketing, texto âncora

Partilhar na web