Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

13 de junho de 2005

A política band aid

Tratar o assunto do “arrastão” com reforço da repressão, numa tentativa de (como ouvi na televisão a um dos irresponsáveis que gerem a Estado) “prevenir” para não ter de “remediar”, é a mesma coisa que tratar um cancro com adesivo embebido em mercuro-cromo. O resto é latim.