Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

23 de julho de 2007

As receitas dos principais bloggers

Antes de taxas e impostos, Loic Le Meur ganhará pelo menos 6.000 euro mensais com o seu blogue. Não é o blogger francês com melhores receitas, mas é um dos principais. Num post redigido por um convidado, Gonzague, comenta-se a temática das receitas dos principais bloggers franceses: números muito abaixo dos conseguidos pelos principais blogues mundiais, naturalmente, dadas as diferenças entre o mercado da língua francesa e o mercado da língua inglesa.

(Não é totalmente correcto, aqui, diferenciar só pela língua porque os blogues mundiais são-no por apontar a temáticas sobretudo globais, enquanto os principais blogues escritos em francês, ou em português, ou em castelhano, são os que abordam sobretudo temáticas locais.)

A estimativa acima apontada é de Jérôme Bouteiller no Neteco.com, Combien gagnent les “blogueurs influents”?. O blogue ChauffeurdeBuzz é o primeiro da lista, com 10.000 euro antes de impostos (o autor negou o valor).

Mas não fiquemos só com estimativas. Stéphane Thomas publicou há dias Exclusif: les revenus de la blogosphère française, com a particularidade de alguns bloggers terem revelado os seus valores. PresseCitron, com 2.630 euro em Junho, surge no topo da lista.

Para os leitores que sejam dados a pensar que os valores auto-declarados são um melhor instrumento que o método da estimativa, convém dizer que não necessariamente: neste caso não há nenhum blogue que esteja nas duas listas, a estimada e a anunciada, o que permitiria ver realmente a diferença. É bem possível, no entanto, que as estimativas estejam um pouco exageradas.

A BoingBoing faz acima dos 80.000 dólares mensais (um milhão anual). Um blogger mundial como Michael Arrington tem um input superior, na casa dos 200.000 dólares — mas atenção, o TechCrunch é uma máquina muito maior que o seu criador –, e um peso médio americano como Jason Kottke consegue 5.300 dólares mensais — como se vê, um pouco abaixo do “melhor” francês (dados e estimativas da Business Week, How Top Bloggers Earn Money).

Sim, caro leitor, consigo imaginá-lo por esta altura a perguntar, então e os portugueses?

Temos projectos com investimento de terceiros à partida; temos bloggers que arriscaram experimentar ganhar dinheiro com os seus blogues mesmo incorrendo na ira dos que se julgam “importantes”, “notáveis” e “notórios” e que desprezam quem (além deles próprios, como é óbvio) ouse “lucrar com isto”; temos, mais recente, uma correnteza de frenéticos que pesquisaram no Google sobre como ganhar dinheiro na Internet e andam a perder dinheiro na Internet experimentando furiosamente as maneiras fáceis de ganhar dinheiro na Internet; e temos estimativas sobre quanto podem arrecadar de receitas os blogues mais lidos em Portugal, como o Obvious ou o Galaxia Wrestling. Para um dia desta semana, que é de férias e de natural abrandamento.