Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

1 de agosto de 2006

Azar negro

Em 20 de Janeiro de 2001 George W. Bush tomou posse como 43º Presidente dos Estados Unidos da América. Apesar de uma episódica falha no abastecimento, no ano anterior, devida ao excesso de procura e prontamente corrigida pela OPEC, o barril de petróleo recebeu-o a 25 dólares. Veio o 11 de Setembro e o barril parecia envergonhado: baixou a barreira dos 20 dólares. Mas Bush não é só um homem do petróleo: é também um homem determinado. Insistiu, insistiu e cinco anos e meio depois o barril está prestes a pular os 75 dólares.

É altamente provável que o 43º presidente deixe a Casa Branca com o petróleo acima da barreira dos 100 dólares e um país e um mundo mergulhados numa ressaca inigualável.