Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

14 de dezembro de 2005

Baza, bandalho

BAZA, BANDALHO. Quando eu fui “freak”, há um quarto de século, havia uma frase com que se despedia pela esquerda baixa, sumária e desprezivelmente, a ralé que se aproximasse do canto onde o charro estava a ser enrolado, ou da mesa de café onde se bebia uma imperial. É a melhor frase que tenho para dizer aos riapas. Sem dó nem piedade, apago pacientemente cada um dos vossos comentários. Venci spammers mundiais. A vós, néscios atrasados mentais, bato-vos só com um dedo.