Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

9 de novembro de 2004

Blo-quê?!

Já em Beja se levantou a questão. Blogueiro, bloguista, que raio sou eu afinal? Na conversa que entretanto se levantou já li alguem sugerir blogard! Caramba! Para isso prefiro ser apenas um blogger. Quem preferir o português trate-me por autor. Cada um seja o que lhe apetecer. Estou certo que nunca haverá um consenso. Vendo bem, como poderá haver um consenso ou até uma regra? Esta é a Língua Portuguesa e este país é Portugal. Daah.