Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

29 de abril de 2006

Desta é que erradicamos a exclusão social!

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, teve azar na subida ao palco, começando por tropeçar. Valeu na circunstância, imaginem!, o secretário-geral da CGTP: Carvalho da Silva estendeu-lhe a mão complementando o discurso do 25 de Abril. Com efeito, Cavaco esquecera-se de convocar os “detentores do poder económico” para o “grandioso compromisso cívico” que é o combate à exclusão social. Como se sabe, dada a sua tremenda importância e brilho, amplamente demostrado pelas justas remunerações que graças a Deus auferem, justiça essa que as notícias sem dúvida mal intencionadas do Wall Street Journal não beliscarão,os detentores do poder económico são pessoas de extraordinária capacidade e com elas o país vai andar para a frente, finalmente. Sobretudo desde que tem por presidente o homem que durante mais anos chefiou o Governo português e que tem uma relação especial com tais sábios, não liguem que o esquecimento foi do nervoso da estreia.

Contando – finalmente! já não era sem tempo! – com quem dirigiu economicamente o país nos últimos 30 anos e com quem o dirigiu politicamente, sem dúvida que agora é que estamos definitivamente bem entregues, agora é que vai ser! Exclusão social, cuida-te! Tens os dias contados!