Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

18 de outubro de 2005

E Sebastião repousa finalmente

E SEBASTIÃO REPOUSA FINALMENTE. Vejam as coisas pela positiva: a mais que provável eleição de Aníbal Cavaco Silva para Presidente da República portuguesa acabará de uma vez para sempre com o mais lusitano de todos os mitos, a machadada final no resquício de portuguesismo, o arrepiar do caminho em direcção à Europa. Em Janeiro vamos resignar-nos a uma pessoa com quem ninguém se identifica, que digo, com quem ninguém se quer identificar. Nem mesmo a direita (de bom gosto).

Vai ganhar o homem em que ninguém se projecta nem revê. Sinal último e faiscante da privação do nosso imaginário enquanto povo. Já nem temos o reduto do mito, ficámos completamente incréus. Adeus Sebastião, repousa em paz.