Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

3 de dezembro de 2007

Em defesa do Público

A explicação da direcção do Público sobre a manchete erradíssima de hoje diz tudo. Só quem não anda à chuva (isto inclui uma quantidade astronómica de irresponsáveis que blogam e comentam em blogues ao sabor de uma maré qualquer) é que não se molha.

É necessário correr alguns riscos. O erro do Público, ontem, foi ter sido demasiado crédulo em relação às sondagens. Um erro admissível e prontamente perdoável.