Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

21 de abril de 2005

Então,

amar é domesticar a paixão.