Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

13 de fevereiro de 2007

Exposição de relógios mecânicos

O Museu do Relógio abre no dia 15 deste mês (e até 31 de Julho de 2007) uma exposição temática intitulada “Exposição de relógios mecânicos usados no Norte (1700 a 2000)”.

Ao longo de 35 anos o fundador do Museu do Relógio – António Tavares d’Almeida – coleccionou Relógios de várias cidades nortenhas, entre as quais Porto, Braga, Guimarães e Bragança. Alguns destes relógios foram doações ao Museu efectuadas por pessoas do Norte para o aumento deste Espólio. Todas estas peças foram restauradas e colocadas em exposição, que contém algumas das marcas mais usadas no Norte, como a Patek Phillipe, Vacheron&Constantin, Breguet, IWC, Rolex, Omega, Breitling, etc.

O Museu do Relógio foi fundado na histórica cidade de Serpa em 1972 e ao longo de 35 anos tem atraído milhares de turistas ao Alentejo. Só nos últimos 10 anos, o Museu foi visitado por cerca de 300.000 turistas, metade dos quais crianças de escolas que vêem de todo o País e que não pagam qualquer entrada (até aos 10 anos).

Diz-nos ainda o seu press-release que o museu é o único auto–sustentável em Portugal, graças á sua Oficina de Restauro que trabalha para os seus visitantes e para grandes colecções de Espanha, França, Portugal e Inglaterra.