Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

14 de fevereiro de 2008

Hair rock anos 80 (big LOL, Miguel)

capa disco Made in Japan, Deep PurpleA turné dos Deep Purple ao Japão é um dos momentos marcantes do rock dos anos 70. Os guedelhudos do video abaixo merecem algum respeito (enfim, o possível, hoje). Venderam mais de cem milhões — 100.000.000 — de discos (OK: não é fácil, olhando para eles, perceber como isto aconteceu, mas é um facto, eheh).

Gravaram com a Royal Philharmonic Orchestra um album curioso, que foi mal recebido na generalidade mas do qual eu gostei bastante (o que não surpreende, apreciei os movimentos de fusão também no chamado jazz-rock, onde os brasileiros também ditaram alguns trunfos). De resto, andaram aos altos e baixos — como qualquer vedeta rock que se preze — e nos altos, claro, tiveram as suas casas milionárias.

Nõ consegui encontrar o video da gravação do duplo Made in Japan — um clássico do hark rock que provavelmente nunca mais ninguém ouvirá. Gostava de dar a ouvir todo o album mas sobretudo os sete minutos e pico de Highway Star, berros e solos de órgão e Ritchie guitarra eléctrica Blackmore incluídos, ao Miguel Afonso Caetano, a quem este post é dedicado ( ele e os companheiros da TubarãoEsquilo sabem porquê e perdoar-me-ão esta evocação ;) ) Nesta gravação eles estão francamente mal. Mas sempre se percebe, penso, a tremenda energia da banda.

(Leitores de feed e newsletters tendes este link — também útil caso o video acima não reproduza, o Youtube tem andado com problemas)