Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

13 de outubro de 2006

INE: um duplo problema, tipicamente português

A ocorrência desta semana com o INE é explicada com todos os matadores pelo Rui Cerdeira Branco no seu recente espaço sobre Economia e Finanças. Que é a melhor fonte pois trabalha no INE. Em Fontes estatísticas – um problema de comunicação o Rui revela por um lado a ignorância do jornalista e por outro o problema do INE, que é um problema de comunicação infelizmente comum a outros institutos públicos e também de direito privado.

Mas também aborda um assunto tipicamente português: a desorientação face às fontes estatísticas. Nalguns sectores ainda há informação, por desconexa e mal apresentada que seja; noutros, não há dados estatísticos fiáveis, nem ninguém com competência para os produzir.

Não me surpreende que um jornalista do Público desconheça o funcionamento de organismos de dimensão europeia que são colectores / difusores da informação produzida em cada país.

(Talvez através do Eurostat saibamos um dia destes quantos funcionários tem o Estado português.)