Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

22 de agosto de 2007

João Miranda é nome de nova ilha na Islândia

Os islandeses deram o nome de João Miranda — conhecido por desmontar a cabala do aquecimento global — a uma das novas ilhas que estão a surgir na costa da Islândia, na sequência do derretimento do gelo ártico, apurou o enviado especial de Certamente! à leitura matinal do jornal de referência Público, edição de hoje mesmo.

As novas ilhas, que nunca tinham sido vistas, estão a intrigar a população e os cientistas. Suspeita-se que tudo não passe de uma gigantesca alucinação colectiva, amplificada pelos jornais que, como é sabido, são todos uma corja de esquerda e ainda por cima ambientalistas.

A própria ONU tinha previsto em Fevereiro que o gelo do Ártico poderia desaparecer por volta do fim do século, mas alguns cientistas acham que “pode muito bem haver um Ártico sem gelo em meados deste século”.

É demasiada desfaçatez. Assim, os islandeses — reunidos em assembleia geral no Second Life — decidiram que a brincadeira já tinha ido longe demais. O baptismo da ilha tem por função homenagear a clarividência do único líder de opinião que escapou à alucinação, esperando-se agora que, sensibilizado pelo gesto, o próprio João Miranda (e não um dos clones que escrevem na blogosfera) se desloque à costa para provar que as ilhas não passam de um amontoado de LSD 25 transgénico, levado para o local pelo “barco do amor” alugado para o efeito por Miguel Portas, um promotor de vendas de Al Gore disfarçado de eurodeputado.