Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

6 de janeiro de 2005

Manifesto político – teaser 4

Aí, meus irmãos, a culpa é sobretudo nossa – vai sendo tempo de nos confessarmos e pagar pelo pecado da melhor forma: lembrar quem realmente mandou no país nos 30 anos que já lá vão sobre Abril de 74, lembrar quem realmente conduziu Portugal ao actual estado de coisas, lembrar quem esteve ao leme do governo, da economia do Estado, das empresas do sector público e também do privado. Lembrar que se o país está na merda em que está, a responsabilidade é de quem o trouxe até ao esgoto. E quem nos trouxe até aqui, quem foi, quem foi?