Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

12 de julho de 2006

Não há fome que não dê em fartura

Praticamente três-anos-três sobre o lançamento do del.icio.us, eis que aderimos finalmente à oferta de serviços de social bookmarking em Português, para portugueses. E como não há fome que não dê em fartura já temos, última contagem de há instantes, quatro sistemas num curto período de tempo.

Recapitulando por ordem de entrada em cena:

por.to, o primeiro (desde 12 de Junho) e também o menos ortodoxo pois mistura social bookmarking com agregação de feeds. É temático — ou regonalista, se quisermos — e versa links e notícios sobre e do Porto (não confundir com o F. C. do Porto, que também lá poderá ancorar, mas é apenas mais um sub-conjunto do conjunto Porto).

Os.Marcant.es, da minha iniciativa, que deixou hoje mesmo o endereço de lançamento para o seu próprio endereço (http://os.marcant.es). As primeiras marcas são de 29 de Junho (há anteriores, mas foram importadas da minha colecção, refiro-me à entrada em cena de novos utilizadores). Usa software de código livre, foi adaptado às minhas necessidades e não tem grandes pretensões: eu precisava há muito de centrar os meus links e tenho a mania de preferir recursos próprios. Embora seja um dos early-early adopters do del.icio.us (com o Fred, penso que somos da primeira semana), pesosalmente nunca fui grande adepto. E antes não tivera o tempo livre suficiente para ver o que há na área, instalar, experimentar e toca a andar.

Entretanto, pois que o sistema tenha gente. A ideia é mesmo essa, ter gente a usá-lo. A promessa é a dos costumes cá da casa: enquanto eu por cá andar, o serviço é garantido e as melhorias idem, mesmo que pontuais.

Os fa.voritos.com foram criados (no anonimato) em 3 de Julho, data do arranque público. Usa o mesmo código que Os.Marcant.es. Tem menos utilizadores, mas parece-me também abrangente.

Finalmente, o Sapo. As Tags Sapo estão fadadas ao destino de tudo o que a rapaziada do Celso faz, isto é, ao sucesso público, alavancadas na marca de maior notoriedade, de longe, que existe na web portuguesinha. Yet another social bookmarking site, nada traz de novo além do habitual design tão eficiente quanto popularucho. Como os blogs do Sapo, como as fotos do Sapo, como o correio do Sapo, como a pesquisa do Sapo, terá utilizadores aos magotes e incontáveis gigabytes de lixo e mamas. Ou não: espero que tenha melhor sorte… Mas espero deitado. Ah, antes de acabar: alguns comentários, uns interessantes e outros ridículos, como o das garantias, no ramblings about life and tech.