Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

15 de janeiro de 2008

O Estado só é problema para pagar e cumprir — ou a derrota (pesada) dos liberais

“A omnipresença do Estado só é um problema quando se trata de pagar impostos, cumprir leis laborais e aceitar a existência de serviços públicos” — reflecte muito bem o Daniel Oliveira comentando a vitória da lista de Carlos Santos Ferreira (com Armando Vara) para a direcção do Millennium bcp, o Maior Banco Privado Português, como soe dizer-se (ler: assim se vê a força do BCP).

Santos Ferreira, que — segundo correu como facto pela blogosfera dita (e não dita) liberal e até alguma imprensa simpática– é o candidato do Governo, ganhou com 97,76 % dos votos expressos pela Assembleria Geral do Maior Banco Privado Português, na qual esteve representado 71,49 por cento do capital do banco. A lista de Santos Ferreira reuniu o apoio de 69,8 por cento deste capital (fonte: RTP).

A lista de Miguel Cadilhe confirmou a sua vocação de sparring-partner.

Perante isto, resta aos liberais:

1. assobiar para o ar e mencionar o lindo dia que está;

2. afirmar despudoradamente que o bom capitalista é o que suga o melhor que o Estado tem para lhe dar e cospe o pior;

3. a caminho do Júlio de Matos, insistir com o condutor da ambulância que estamos a assistir à estatização do Maior Banco Privado Português.