Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

26 de dezembro de 2007

O post do ano

Este ano de 2007 não será o meu melhor ano aqui em virtude de ter dado mais atenção aos blogues que mantenho no Expresso (Cibercidadania e Web 2.0), no que toca a escrever, e à construção da rede editorial TubarãoEsquilo, em termos de empreendedorismo e iniciativa. Ainda assim procurei ver quais os posts que se destacaram na sua preferência dos leitores.

O meu post do ano no Certamente!, o mais popular tanto em termos de leitura (segundo o Analytics) como em termos de comentários, foi Mac: primeiras impressões. E apesar de ter “feito” apenas metade do ano: foi publicado em Junho quando comprei o meu MacBook Pro, e quis dar nota das primeiras impressões que retive da sua utilização.

Eis a minha lista com os 5 posts mais populares:

  1. Mac: primeiras impressões
  2. O post sobre os lucros pornográficos da banca portuguesa, aqui. Não reproduzo o título porque ele me penalizou fortemente em termos da indexação no Google e no programa publicitário AdSense, causando-me alguns prejuízos materiais. Tive mesmo de retirar o post dos motores de pesquisa. Uma má experiência e um triste sucesso. Fica a lição: pensem duas vezes antes de recorrer ao calão como forma de ironia.
  3. Fixem este nome pela negativa: Banak importa tem o terceiro lugar em parte por ser um post de Janeiro: teve muito tempo para ser lido. Mas o seu sucesso vai muito além da leitura: está entre os primeiros resultados da pesquisa pelo nome da empresa que ali é criticada. Mais que um post, o resultado de um activismo individual bem sucedido.
  4. Internet Explorer 7: seis razões para uma quota de mercado maior foi um texto muito oportuno e curial ainda hoje, decorridos 10 meses. Do IE 7 ao Vista, este foi um péssimo ano para os produtos da Microsoft, cada vez mais uma empresa a viver dos rendimentos e sem rasgo de futuro.
  5. Spinning transgénico, onde critico a forma como Mário Crespo abordou a tristemente célebre entrevista dos transgénicos, é de Agosto e mesmo assim ocupa a quinta posição entre os textos do ano mais lidos em arquivo.
    1. E o leitor? Qual dos meus posts elege como post do ano?