Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

26 de outubro de 2007

Penalizações PageRank: Google gozado em todo o mundo*

As penalizações a domínios por parte da Microsoft 2.0 Google através da sua ferramenta PageRank lançaram na web uma interessante onda de reacções.

(* Quer dizer, em quase toda a web: a blogosfera portuguesa, como é da tradição, passou ao lado disto e os jornais, então, nem sabem soletrar p-a-g-e-r-a-n-k.)

No Problogger (ex- 6, actual 4) Darren Rowse lançou há horas uma divertida competição, da qual reproduzo o primeiro resultado (o boneco dele): Create a Slogan for Bloggers Hit by the Page Rank Slam of October 07. Já obteve várias respostas.

Um dos primeiros efeitos das palmadas que a Google decidiu aplicar aos webmasters sem explicações foi colocar uma imensa comunidade a gozar aquele que era até aqui um instrumento criticado, mas aceite, e que arrisca muito provavelmente a tornar-se numa anedota daqui em diante.

O coro foi imenso nas primeiras 24 horas e não dá mostras de abrandar, pelo contrário.

pagerank.pngHá instantes o Technorati dava-nos 6.697 resultados para pagerank, isto contando só blogues com “muita autoridade” (medida Technorati).

Se consideramos a blogosfera de língua portuguesa, a pesquisa com os mesmos parâmetros devolve 131 resultados. Quase não há portugueses entre esses 131 posts contendo a expressão “pagerank”.

Com e sem o Technorati, compilei uma lista dos poucos blogues que, além de mim, mencionaram isto:

Se pensarmos que esta acção da Google tem influência directa numa indústria de milhões de dólares anuais (o SEM/SEO) e indirecta numa de biliões, a publicidade, onde aliás a Google é uma parte muuuuito interessada, fica evidente a medida do interesse português pela zona de fronteira da economia mundial: zero.

Mais em Certamente! sobre as penalizações do PageRank: