Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

12 de junho de 2007

PSD perdido no triângulo da Ota

Ontem as televisões, com destaque para a SIC Notícias, tentaram que Marques Mendes tirasse partido da apresentação, pela CIP, de um dossiê que aponta Alcochete como uma alternativa melhor que a Ota para construção do novo aeroporto. O PSD usou a expressão óbvia neste caso, tão previsível que não esconde um bocejo: o governo estaria a “recuar”.

Ora, se alguém recua nesta matéria é o PSD, que depois de, enquanto governo, ter viabilizado a Ota, não conseguiu nesta altura liderar a “sociedade civil”, como esta tantas vezes espera que a oposição faça, e tem titubeado na questão do aeroporto. Perdido no Poceirão, não soube nem fazer a ponte com o seu próprio passado na matéria, nem encontrar o rumo do futuro.

Em para que serve o novo estudo comparativo Ota/Alcochete? Paulo Gorjão vai um nadinha mais longe do que o termo óbvio (recuo). E Eduardo Pitta também desmonta o frágil balbuciar social-democrata em falar claro. Dois posts lúcidos e mais incómodos para o Governo do que todo o discurso produzido à direita do PS.