Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

11 de novembro de 2005

Three men in a boat (to say nothing of the dog)

THREE MEN IN A BOAT (TO SAY NOTHING TO THE DOG). Há uma edição em Português, pelo menos, mas obviamente não é um texto livre. Só o original o é. Três homens num bote (para não falar do cão) é um livro único, fascinante. Está entre os principais clássicos que me educaram (ou estragaram, conforme a perspectiva) a adolecência. Aquela tirada do começo — «adoro o trabalho. Fascina-me. Posso sentar-me e ficar a apreciá-lo durante horas» — tornou-se imagem de marca de um amigo meu.

Jerome K. Jerome (na Wikipedia) nasceu de uma família arruinada por investimentos mineiros assaz especulativos do pai, viveu a infância na maior pobreza e insegurança e encontrou-se orfão e sozinho aos quinze anos. Começou por trabalhar como empregado nos Caminhos de Ferro e aos dezoito anos fazia digressões pela Inglaterra, como actor. «Fiz todos os papéis em Hamlet , menos Ofélia». Três Homens Num Bote , publicado em 1889, livro que o tornou instantaneamente popular. (in Ficções).

É com emoção que vos proponho para um livro livre por dia o original de Three men in a boat (to say nothing of the dog), em formato TXT. Há também a versão audiobook aqui mas é computer-generated.

Porque nem todos os livros são propriedade de alguém.