Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

31 de janeiro de 2005

Trópico de Câncer

«Eu vivia no Pólo Norte e achava a temperatura quente. E depois aterrei no Equador» – disse-lhe ela buscando uma alegoria que notificasse a mudança a que nas coisas do amor fora sujeita. Ele sorriu. E tomaram a decisão: quando se mudassem iriam viver para o Trópico de Câncer.