Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

29 de março de 2007

TubarãoEsquilo: um grande, grande obrigado pelas felicitações (e pelas críticas)

Em trânsito nos dois últimos dias, estive “pouco” no rescaldo da abertura ao público do website da primeira rede editorial portuguesa usando blogues, a TubarãoEsquilo. Mas foi o suficiente para ter ficado positivamente surpreendido.

Os meios acolheram bem a notificação de Imprensa (é sempre uma lotaria, e eu sei o que digo) e deram ao lançamento um tratamento digno.

As reacções na web foram em número avassalador. Se isso já era motivo de espanto, receber tantas e tantas felicitações foi gratificante. A armadura de soda cáustica que fui desenvolvendo em 18 anos online — um meio particularmente violento e intenso — caiu. Pela primeira vez.

A calúnia esteve presente, — o que não deixa de ser reconfortante: significa que a rede TubarãoEsquilo está no rumo certo. Mas a armadura caiu ao ponto de me ter desinteressado dos comentários de má fé, que em regra me indispunham ao ponto de perder a tramontana e correr a zurzir os (ir)responsáveis, desviando a minha atenção de quem realmente conta: as pessoas que se preocupam ao ponto de se darem ao trabalho de nos felicitar e desejar boa sorte, e também os que têm um olhar crítico coerente.

A todos, um grande, grande obrigado.