Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

13 de agosto de 2005

Um Verão diferente

Este foi (está a ser, é, ainda vai ser) um Verão diferente. Muito diferente.

Desde a juventude que não olhava as Perseides.

Ou pairava sobre a vegetação selvagem e salgada da ilha da Barreta (o ponto mais a Sul do Continente).

Que não passava em partilha pelo canal do cais Neves Pires (está menos assoreado mas à vela continua a ser difícil).

Ou ia comer um gelado Olá – símbolo de uma simplicidade sem classes – pela fresquinha da noite.

Ou vivia a paz iluminada entre o páteo andaluz dos lautos jantares e os refluxos da Ria.

Para mais, hoje deram-me a meia lua em ouro velho.

Há 25 anos que um Verão não valia a pena.