Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

15 de outubro de 2008

Albânia faz história em Braga

A Albânia fez história em Braga, esta noite. Pela primeira vez na história do seu futebol, conseguiu um empate frente à selecção portuguesa.

A Albânia empatou em Braga. Teve 2 oportunidades de golo. Jogos 50 minutos com 10 elementos, por expulsão. Acabou o jogo a acreditar que podia vencer.

Portugal empatou em casa contra uma selecção inferior. Teve 3 oportunidades de golo. Apesar do factor-casa, da superioridade numérica e de possuir alguns dos mais bem pagos jogadores do mundo, foi uma equipa banal, frágil e incapaz de apresentar uma ideia em campo. Praticou um futebol atípico, mastigado, gasto, estereotipado, previsível, perdido, lento. Praticou um futebol acessível à Albânia. Praticou um futebol à imagem do seu treinador.

Queirós começou mal. Voltou a um patrão do qual tinha dito o pior. Quis mandar para trás das costas. A seguir, fez pior. Voltou a cuspir no seu próprio prato de sopa dizendo mal do antecessor.

O antecessor pelo menos conseguiu produzir resultados acima do esperado, tendo em conta a equipa portuguesa. Queirós, nem antes nem, pelos vistos, agora, conseguiu tal coisa.

Devia ter estado calado. Vai cair-lhe tudo em cima.