Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

8 de junho de 2010

As respostas que se seguem em “Uma pergunta por dia”

Amanhã, a título excecional, republicarei aqui um dos artigos de Uma pergunta por dia. A pergunta “em que medida é que é relevante arquivar na Biblioteca do Congresso todos os tweets produzidos desde 2006?” motivou uma resposta longa a José Afonso Furtado e decidi desde logo que teria publicação autónoma.

Até porque, apesar do número de assinantes nos primeiros dias ter excedido as minhas expectativas, a publicação está no seu início e considero que o texto do diretor da Biblioteca de Arte da Gulbenkian, e figura ativa no Twitter, deve ter uma audiência superior. Ora, Uma pergunta por dia não tem arquivo público, pelo que optei por republicar aqui no C!.

A qualidade das respostas é, mais até do que o inesperado número de assinantes ( e justificando este -_- ), a principal marca do projecto.

A lista dos entrevistados, ainda curta, inclui deputados dos 2 lados do Atlântico, jornalistas e autores. Hoje é a vez de João Cerejeira, Professor no Departamento de Economia da Universidade do Minho, com uma interessante e pertinente resposta à questão “alguma vez, e em que cenário, teremos de volta os empregos perdidos nos últimos anos?“. Para os próximos dias conto com outra resposta na área da economia, João Pinto e Castro sobre o futuro do Estado; e Pedro Pinheiro, o organizador do Twittlis conta-nos o que vai ser da iniciativa.

Não perca pitada e subscreva. Um euro por mês é quase nada mas ajuda-me a manter o ritmo. Ou em alternativa tire proveito direto e adquira os direitos de reprodução para o seu jornal ou publicação, seja digital ou analógica. São limitados, de forma a preservar o valor da série para os parceiros.