Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

20 de setembro de 2011

PluralMag: como uma (re)publicação está a ganhar corpo

A PluralMag está a ganhar corpo. Encontrei a definição que procurava: trata-se de uma (re)publicação multiplataforma, como já consta da página acerca.

Arrancou como um projeto a solo, como é meu hábito e sina; já tem gente a colaborar e procura alargar os colaboradores para estabelecer a redação virtual, aumentar a curadoria, inaugurar os dossiês e publicar os primeiros artigos originais. Detalhes sobre as funções e o regime de voluntariado estão aqui. Se está com social media fatigue, caro leitor, veja como aplicar melhor o seu tempo :)

Nos últimos dias apurei sobretudo os mecanismos de filtragem que permitirão melhor escolher a opinião que se publica no imenso mar informativo que são as redes. Concentrei-me também no sistema front-and-back office, de forma a garantir resistência à (prevista!) onda de leitores.

Por dias está a abertura da subscrições, com dois modelos: grátis pra o leitor (com publicidade) e com pagamento de uma micro-assinatura (sem publicidade, serviços adicionais). O plano é facilitar e promover o acesso à melhor opinião, o valor acrescentado tem a ver em primeiro lugar, e desde logo, com a versatilidade das opções de personalização e em segundo lugar com artigos exclusivos.

Em seguida finalizarei a otimização para tablets. Só depois me poderei dedicar às restantes plataformas, do Twitter ao Kindle.

Uma vez mais optei por desenvolvimento artesanal com recurso a módulos open source, como já tinha optado no TwitterPortugal. Nada contra o WP, pelo contrário, e que fique bem claro: estou a usá-lo neste preciso momento e continuarei sempre, aqui no blog, no Diário2 e noutros projetos. Simplesmente, a PluralMag tem o seu próprio sistema, pensado de raíz para uma (re)publicação multiplataforma concebida para a curadoria. Com a característica de ser o mesmo sistema para o leitor e para os colaboradores: básicas e simples, as funções editoriais estão embutidas na sua maior parte.

Agradecimentos

A PluralMag já captou atenções. Aqui agradeço as generosidades. Começo pelo Rogério da Costa Pereira, que tem a PluralMag em destaque na sua pegada (pontual campeã de popularidade). Ao Rui Branco, pela inclusão na lateral do seu Adufe. Ao Luis Tito, pelo post e pela inclusão na lateral da sua barbearia (além da divulgação no Facebook).

Sei que há mais links, mas não consegui obter uma lista consistente nos serviços do costume. Bem haja para todos.