Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

21 de outubro de 2008

A União Soviética, ó senhor doutor (vénia)?

Isso é uma concepção, não é uma realidade” — é o último “argumento” de Pedro Ferraz da Costa na SIC Notícias. Aliás, o penúltimo: acaba de ir ressuscitar a “União Soviética” para atirar na cara daquele rapaz do Bloco que lhe está a dar uma lição memorável.

A União Soviética? Metida nesta crise? Perante um homem do Bloco de Esquerda?! Comprimidos, caro senhor doutor (ainda que estranha, eu respeito a respeitosa vénia que Mário Crespo sempre lhe dispensa)?

E conseguiu dizer outra coisa absolutamente brilhante. Para Ferraz da Costa, os nossos empresários estão a aproximar-se dos estrangeiros e por isso está justificado o aumento da diferença entre as remunerações do topo (repare-se: PFC acabou de subrepticiamente declarar o axioma sou empresário, logo estou no topo da cadeia, reduzindo a pó as PME deste país) e os pobres idiotas dos trabalhadores, que não conseguem aprender, que aborrecimento, cria-nos um problema, não temos criadagem decente!