Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

15 de novembro de 2008

Acabá-la

Eu nem queria, mas não é possível calar. É preciso desmontar a cabala que Manuela Ferreira Leite denunciou: a Imensa Conspiração Jornalística que Tem O Ousado Desplante de Escolher Aquilo Que Transmite.

Não pode ser. Os jornais e as televisões são “veículos de suporte” para “passar mensagens”, logo são demasiado importantes para a acção política e não devem ser deixados às mãos dessas crianças estouvadas, esquerdófilas e também liberais a precisar de uma temporada na casa de correcção, que são os jornalistas. (Blogger! Prepara-te! A seguir vais tu!)