Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

17 de janeiro de 2012

Álvaro, o ministro que ficará na História por devolver os trabalhadores ao lúmpen

O ministro da Economia consegue dizer que “para sair da crise temos todos de trabalhar mais e melhor” horas depois do governo assinar o fim dos direitos dos trabalhadores e, na prática, a sua devolução à condição de lúmpen, de onde sairam, penosa e lentamente, ao longo do século XX.

Sou só eu que repara na impossibilidade?

Temos todos de trabalhar mais e melhor” — e o desemprego a subir, a subir. E não vai parar de subir tão cedo. Não foi apresentada, até hoje, uma única medida capaz de inverter esse ciclo. Este Governo não está a proteger o trabalho.

O mercado e os mercados riem-se de Álvaro Santos Pereira (quem?).

Que importa. Este governo não foi eleito para governar Portugal. Foi eleito para acabar com ele. Depressa.