Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

3 de julho de 2008

Caro Primeiro Ministro, concentre-se nisto que é o essencial

Caro Primeiro Ministro, gostei de o ver na televisão, a sua determinação é um valor seguro, pode falhar ou triunfar, por si (que não conheço) ou pelo seu partido (que não é o meu) é-me indiferente, mas pelo país espero que triunfe. E para tal lhe digo, pois sei que há muito acessório por aí para o distrair. Concentre-se no essencial, aqui a negrito: “É verdade que a conjuntura é difícil, factor com o qual Sócrates conta para diminuir o impacto do falhanço das políticas de emprego ou de revitalização económica que encetou, mas é também verdade que os portugueses sentem o impacto da incapacidade do Bloco Central em apresentar soluções, o que penaliza sempre mais quem está no poder (preparar o combate, por Diogo Morais no Câmara de Comuns)