Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

15 de outubro de 2008

Dizem-me que fui injusto

Dizem-me ao ouvido que fui injusto com Manuela Ferreira Leite, que já se pronunciou sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2009, apresentada pelo governo com o atraso da praxe e os protestos da praxe à Assembleia da República.

Admito que sim, que a líder do PSD falou, e dou de barato que tenha falado bem, pois que não ouvi.

Feito o mea culpa, a questão essencial permanece. Não era agora que Manuela ia entrar em acção? A rentrée verdadeira, desfeito o “equívoco” das “festas populares” de Setembro? Todo eu sou um gigantesco, colossal e enorme ouvido.