Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

15 de abril de 2008

E a quem vamos insultar de cubanos com a mão estendida, à Europa?

cavacosilva.jpgSegundo a SIC Notícias, O Presidente da República defendeu no Funchal que o “sucesso económico da Madeira deve servir de estímulo a Portugal inteiro“.

Eu discordo de Cavaco Silva.

Não é nada contra a Madeira — encontrou um caminho e vive dele. Apenas acho que uma economia sem sustentabilidade não deve servir de exemplo a país que se preze.

A menos que esta última parte já tenha deixado de ser. Caso em que devemos assumir de vez que somos os pedintes desvalidos à porta da igreja da União Europeia, de mão estendida e a invectivar as damas e cavalheiros que nos dão a esmolinha. É isso?