Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

23 de março de 2008

Eu cá nã fui, sôpssôra!

Passo os olhos brevemente e ao de leve por cima das reacções da blogosfera e reparo, sem nenhum sentimento em especial, que a culpa do sucedido numa sala de aula do Carolina Michaelis é atribuída basicamente a toda a gente menos a nós próprios.

É do governo, é do anterior governo, é de todos os governos. É da professora, é da aluna, é da turma (o meu favorito, confesso). Que nada, é dos pais, é do sistema. É do Estado evidentemente, tal como é da anarquia a que isto chegou, dos programas escolares, da mãe trabalhar, dos ministérios que não planearam, das famílias que trabalham, dos divórcios, dos Conselhos Directivos, dos telemóveis, da falta de interesse curricular, do afastamento entre os alunos e as aulas, da geração Z estúpida e mal educada.

Só não é minha, topam?