Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

10 de julho de 2008

Mais um grande exemplo da nova credibilidade do PSD

Tragam essa informação ao Parlamento, não nos mande para a Internet, não estamos ainda na democracia plebiscitária de Internet, estamos numa democracia formal, onde o Parlamento tem desde há 800 anos a competência orçamental“, palavras triunfantes do líder parlamentar do PSD, Paulo Rangel, hoje no debate do Estado da Nação.

Mais disse: “é muito simples, é trazer uma folha A4 ao Parlamento que diga: investimento A, encargo financeiro X, investimento B, encargo financeiro Y, ano a ano e por décadas“.

É assim mesmo! É assim que se constrói a credibilidade de um partido! Qual Internet, qual órgão sexual masculino! A política faz-se numa folha A4! Os cidadãos podem esperar! Prioridade, prioridade! Primeiro, o Parlamento! Onde é que já se viu isto, querem lá ver, agora, o povo ter acesso aos documentos públicos! Heresia!