Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

27 de outubro de 2008

W. Bush, essa descontinuidade histórica

A lógica imperial dos EUA é a lógica de qualquer potência. Não depende da bondade do seu povo ou do seu líder. Mas, no que é essencial hoje, não têm razão. Porque Obama não será a continuidade de Bush e porque Bush não foi a continuidade da politica americana anterior. A reacção ao 11 de Setembro foi a que foi porque eram aqueles homens, perigosamente irresponsáveis e sem qualquer limite moral, que estavam na Casa Branca” — a ler em Obama, porquê?, uma análise muito boa de Daniel Oliveira sobre a política americana.

Esta minha escolha da extensa análise do Daniel é um pequeno aperitivo e um aperitivo algo redutor, pois que isolei apenas um ponto sobre o qual me tenho interessado ultimamente, que é George W. Bush. não tenho respostas para isto: como pode um sistema deixar chegar ao topo das decisões, e aceitá-lo lá, um irresponsável e um corpo estranho como George W. Bush? Olhem para a linha dos presidentes dos EUA desde o primeiro ao último. Bush é uma descontinuidade nessa linha.