Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

12 de abril de 2008

Ângelo Granja: novamente, o Twitter enquanto agência noticiosa

Já me tinha sucedido antes, com a morte de Arthur Clarke, voltou a ocorrer esta tarde ter o Twitter enquanto agência noticiosa, ou rádio planetária.

Desta vez, soube do falecimento de Ângelo Granja mesmo um pouco antes de a Lusa emitir o boletim completo, o que aconteceu às 17:36 — não sei se emitiu algum flash antes, tendo em conta a importância da pessoa não é provável.

A publicação de dois posts sobre o assunto assim em jeito de telegramas da Lusa, como acontecia quando o serviço ainda era em telex, com um flash a dar o essencial da notícia e este artigo mais desenvolvido abaixo na sequência, é uma dupla homenagem: ao homem que morreu hoje, e que foi um dos chefes de Redacção emblemáticos dos anos 80, e ao jornalista que me deu a notícia da sua morte pelo Twitter, o António Martins Neves, que entrou para o Diário Popular do Granja na altura em que eu estava a sair.

É uma homenagem a homens dos telexes, da pirâmide invertida e do paradigma da escassez informativa.

Ângelo Granja tinha quase dois metros, um vozeirão ainda pior do que o Acácio Barradas (embora gritasse menos que este) e juntos faziam uma dupla dos diabos, a que se juntavam ainda o Paulo de Carvalho (hoje reformado na Escandinávia, espero) e o António Colaço (não sei dele). Mas aquela dupla mantinha mais ou menos em sentido, para o bem e para o mal, uma Redacção de vedetas, candidatos a vedetas, penduras partidários, grandes jornalistas em formação ou formados, e meia dúzia de jovens promessas como eu, que davam o corpo ao manifesto das 8:00 às 20:00 (com a figura da isenção de horário, foi a primeira vez que tive um salário decente — mas fazíamos horários pornográficos, eu e o Fernando Soares.)

Além de jornalista foi autor de teatro, radialista e e colaborou na escrita para teatro e para marchas populares. Com Francisco Nicholson, foi co-autor da telenovela “Cinzas”, exibida na RTP nos anos 1990. Faleceu hoje em Viana do Castelo. Tinha 67 anos.