Certamente!

Paulo Querido. Na Internet desde 1989

3 de janeiro de 2010

Poly Styrene e os adolescentes saudáveis na era do punk

A banda X-Ray Spex foi uma das mais empolgantes da curta vida do movimento punk, no final dos anos 70 e início dos 80. Onde geralmente bastava energia e cabelos doidos para atrair os industriais da música e os contratos mortais, os X-Ray Spex atreviam-se a saber mais que 3 acordes e, como não deviam nada em energia às bandas sonantes, eram melhores que quase todas elas.

E depois tinham Poly Styrene, o que não é para qualquer um. Nascida Mariam Elliott-Said de mãe inglesa e pai aristocrata falido da Somália, compôs, escreveu, cantou e interpretou das mais belas canções com que um adolescente punk podia sonhar (e mesmo não punks e não adolescentes).

Corajosa rapariga com sensibilidade e talento numa época adequada a matulões ululantes e testosterónicos, Poly Styrene é uma personalidade complexa, a ficha na Wikipedia fala melhor do que eu. Tendes também uma entrevista recente, e sugiro uma olhadela nem que seja só para ver a foto e comparar a senhora de 52 anos com a miúda de 20 anos que canta, mais abaixo nesta página, Germ Free Adolescents, letra também incluída abaixo e escrita por ela.

A canção Germ Free Adolescents, é uma peça dessa obra de arte que é o primeiro album do grupo, lançado em 1978 e cuja capa era logo um convite: se há arte adolescente, esta é uma imagem apropriada (encapsulados nos tubos de ensaio da sociedade e lá lá lá). A música dá nome ao album e ao tempo estranhei-a porque era a única música lenta (podia dançar-se quando chegavam os slows se o dj fosse um gajo a sério, mas raramente eram) do disco e até da época.

Ainda hoje é uma canção notável, ora assistam a uma gravação com 30 anos.

(leitores de feed e newsletter, este link para o video)

Germ Free Adolescent, letra

I know your antiseptic

Your deodorant smells nice

I’d like to get to know you

You’re deep frozen like the ice

-chorus-

She’s a germ free adolescent

Cleanliness is her obsession

Cleans her teeth ten times a day

Scrub away scrub away scrub away

The S.R. way….

You may get to touch her

If your gloves are sterilised

Rinse your mouth with listerine

Blow disinfectant in her eyes

-chorus-

Her phobia is infection

She needs one to survive

It’s her built-in protection

Without fear she’d give up and die

-chorus-

She’s a germ free adolescent

Cleanliness is her obsession

(x4)

Cleans her teeth ten times a day

Scrub away scrub away scrub away

The S.R. way….